segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Tarefa 2


Exemplos de Situações Litúrgicas


Na Vida Baunilha
A palavra liturgia está associada quase sempre as celebrações religiosas.

Para conviver em comunidade, desde de muito cedo, somos ensinados a cumprir regras, tais como: ser educado, prestativo, agradecer
entre outras tantas. Aprendemos não só como devemos nos portar em rituais litúrgicos como noivados e casamentos, mas também o significado que cada um de seus símbolos representam. Que mulher não sonha, por exemplo,  com um belo vestido de noiva e o momento do casamento.

por: kakau { K@ }




No BDSM

Os exemplos de comportamentos característicos são tantos, que me leva a pensar o quanto as relações perderiam um pouco de sua magia sem eles.

Atitudes por parte da submissa, tais como: tratar seu Dono de Senhor, ajoelhar-se, manter a cabeça baixa são maneiras respeitosas que reforçam o papel por ela escolhido e contribuem para dar brilho a sessão.

por: kassandra { K@ }





Em GOR

A filosofia é formada por costumes e princípios éticos bem definidos pela literatura e baseia na premissa básica: cabe ao homem, dominar, e a mulher se submeter as suas vontades e desejos.

A ritualística coloca em prática o que chamam de liturgia, ou seja, o conjunto de comportamentos que regem os relacionamentos entre os Goreanos. Os "servers" - um tipo de encontro com um ritual bem característico, são um exemplo.

por: kally { K@ }




No Reino de K@

A liturgia está presente em todos os momentos, através dos Rituais, das regras e dos símbolos que permeiam e enriquecem as vivências.

Tudo começa pela escolha do nick da escrava, sempre iniciado com a letra K. Passa pela forma características das escravas se portarem nas sessões e nas redes sociais.  É complementada com o uso de velas, incenso, música, flores e iluminação, que dão significado especial às sessões e rituais.

Entre os Rituais, criado exclusivamente para o Reino, a Cerimônia das Velas - um rito para simbolizar a mudança de Classe de uma escrava - é o que melhor representa o Reino de K@.

por: karla { K@ }





6 comentários:

Kally Ka disse...

Boa tarde meninas!!!

Adorei os textos meninas, muito bom. É muito interessante a liturgia, ela esta envolvida em vários aspectos das nossas vidas e muitos nem sabem disso. É muito boa a idéia desse treinamento, com certeza irá ajudar bastante a entender sobre liturgia.

Bjs

kally { K@ }

karla { K@ } disse...

Boa tarde meninas

Sempre fui encantada com rituais, cerimônias..minha vida baunilha foi permeada de toda simbologia possível. Acho as cerimônias de casamento encantadoras..fiz questão de tudo no meu próprio casamento...fiz festa de quinze anos para as minhas filhas, com valsa e troca de sapatinhos; sempre fui a organizadora de tudo...A vida -mesmo moderna, dos principes William e Kate sempre me fascinaram...rss e não podia ser diferente na minha vida como escrava. Amo os Rituais e Cerimoniais do Reino...desde o começo acho que o que mais me encantou foi a forma do Mestre conduzir tudo..Sua preocupação com o cenário, educação, sua perfeição na forma de organizar tudo desde o virtual ao real. Lembro de como me deslumbrava quando o Mestre, muito detalhista não admitia sequer um erro de português e com a ordem das maiúsculas e minúsculas dos nicks...isso me fascinava...

Acho que isso trás um romantismo todo especial às cenas e vivências.


Beijos karinhosos


karla { Kazady }

karla { K@ } disse...

Bom dia meninas


Acho lindo tudo o que envolve o mundo de GOR...o domínio do homem sobre a mulher...as atitudes ritualísticas das kajiras...gestos comedidos, discretos..obediência!

Estou muito longe de ser uma kajira..mas acho que é o ideal de uma escrava - ser como uma kajira.

Beijinhos


karla { Kazady }

kassandra submissa disse...

Bom dia karla....

Adorei sua tarefa parabéns. Principalmente, a parte que você citou sobre sua própria vida, eu também gosto muito das cerimônias de casamento, festas de 15 anos... E como você disse as coisas aqui no Reino realmente são muito bem organizadas.

Eu não poderia deixar de citar aqui o meu primeiro encontro com o Mestre, a assinatura do contrato, o Ritual de Encoleiramento e a maneira como o Mestre conduziu tudo.

Foram situações litúrgicas que eu jamais imaginei viver e graças ao Mestre pude viver tudo isso em nosso primeiro encontro.

Você disse bem, karla. Os rituais e cerimônias realmente nos fascinam e também mostra a seriedade de como são as coisas.

Adorei ter feito a tarefa, pois confesso que não tinha tanto entendimento sobre liturgia BDSM.

Nós sempre buscamos informações, mas nada como a prática para entender melhor e a tarefa me proporcionou isso.

Feliz e agradecida por fazer parte do Reino.

Beijinhos....

kassandra { K@ }

karla { K@ } disse...

Boa noite kassandra


Tenho certeza que você ficou encantada com o seu primeiro encontro com o Mestre e saiba que ele ficará em sua memória para sempre. A primeira sessão com o Dono, a escrava nunca esquece.


Beijos ternos


karla { Kazady }

kakau KA disse...

Boa noite meninas...

Como situações litúrgicas estão presente tanto em nossa vida baunilha como a D/s. Acho lindo os rituais e cerimônias do Reino!

A troca do nick-pra muito intenso pra mim, por conta do cuidado do Mestre em pesquisar o nome relacionado a escrava, o friozinho na barriga de conhecer a escolha, até a sensação gostosa de saber que agora é propriedade Dele.

A cerimônia da koleira- um momento único na vida de uma escrava. Uma demostração de sua entrega, amor e confiança em seu Dono. É encantador poder se ajoelhar e entregar seus gostos, decisões, tudo na Daquele que vai te conduzir e guiar.

Fico encantada com a forma que o Mestre vê e conduz as relações D/s e conduz tudo aqui no Reino.

Beijinhooosss

kakau { K@ }

Postar um comentário